O Mundo das Maravilhas

Dentro do nosso propósito de “Valorizar Vidas”, está o compromisso de disseminar temas que devolvam às pessoas a esperança de um mundo melhor, mais humanizado, alegre, justo e bom para se viver!

Assim, iniciativas como esta do Google Co. ilustram a real possibilidade para se transformar sonhos em realidade, através da comunhão entre imaginação e tecnologia: a realidade virtual (RV).

Certamente, em pouquíssimo tempo, teremos as novas gerações habilitadas a utilizarem tais ferramentas tecnológicas em prol da realização de sonhos grandiosos, pelo progresso da Humanidade.

Assistam ao filme a seguir, com o coração e a mente pura de uma criança!

Adoraria ter comentários!!

DB

https://www.google.com.br/intl/pt-BR/about/stories/826-valencia-uses-virtual-reality-tilt-brush-to-bring-ideas-to-life/

Publicado em Arquitetura, Sociedade, Vida! | Marcado com , , , , , | Deixe um comentário

Vamos tornar o mundo mais criativo?

Diante do nosso propósito de “Valorizar Vidas”, vamos apresentar uma série de maneiras para transformar o mundo em que vivemos em um lugar mais criativo e agradável para se viver.

Dentro do nosso escopo profissional, temos várias ferramentas para tornar isso possível:

  • Realizando os Projetos de Segurança contra Incêndio com responsabilidade, atendimento à legislação local e às normas técnicas e compromisso com a preservação do bem maior: A VIDA.
  • Assumindo cada Plano de Emergência com o compromisso de evacuar o local no mais curto espaço de tempo, dimensionando rotas de fuga e saídas de emergência com esse propósito, evitando-se assim o pânico e a intoxicação por fumaça.
  • Encarando a Arquitetura com o compromisso de criar espaços seguros, funcionais, confortáveis e adequados ao uso e aos usuários, tendo também como uma das premissas a preservação da Vida através dos conceitos de sustentabilidade, no uso consciente dos insumos da Natureza e da redução da contaminação do meio ambiente.

Contudo, para que a “Valorização da Vida” passe a ser premissa em nossa sociedade, precisamos torná-la um aspecto intrínseco da nossa Cultura, através da EDUCAÇÃO.

As novas gerações precisam começar a ser sensibilizadas a valorizarem a inteligência natural, antes da inteligência artificial (AI). Válido e necessário nos dias atuais, diante de tamanha profusão de informações, que mecanismos artificiais, com capacidade de processamento infinitamente maior que o cérebro humano, venham a ser utilizados para aprimorar o conhecimento, gerando ferramentas para que a humanidade obtenha maior qualidade de vida. Contudo, nenhum algorítmo matemático consegue se equiparar à imaginação e à criatividade, tampouco à emoção dos seres humanos.

E o ponto de partida para o desenvolvimento desses atributos exclusivamente humanos é a leitura, especialmente desde a tenra idade.  Contar estórias na infância estimula a imaginação já tão fértil das crianças, levando-as a criar cenas e situações peculiares, que abrem horizontes fantasiosos e desenvolvem a criatividade ao longo de toda a vida.

Este passa a ser o diferencial do ser humano: a imaginação, a criatividade.

A Inovação, tão valorizada atualmente como um diferencial em qualquer processo, tem início na infância, nas cabecinhas imaginativas, cujo desenvolvimento começa com estórias e livros infantis.

Um mundo mais criativo vai depender do tempo que as famílias  dediquem às interações com as crianças, trazendo a elas momentos de leitura ou audição de estórias, complementadas com bate-papos sobre a interpretação dos textos. Neste exercício, os núcleos básicos de toda sociedade se fortalecerão, passando a ser igualmente um modo de transformação positiva do mundo.

A partir desse momento, os profissionais do futuro terão uma nova consciência do valor da Vida, e seus propósitos enquanto seres humanos serão mais dedicados ao bem comum, através da cultura, segurança e bem estar de todos.

O vídeo a seguir traz explicações de quem conhece esse assunto!

(DB)

Publicado em Sociedade, Vida! | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Nikola Tesla: um visionário que acreditava na Magia do Universo, inspirando a humanidade.

As profecias de Nikola Tesla sobre o futuro da humanidade

Abaixo está um artigo interessante sobre algumas das suas previsões sobre o que aconteceria ao mundo:

Os  smartphones  estão agora na ordem do dia: somos capazes de controlar aparelhos com a ajuda deles, somos capazes de acessar a Internet, chamar um táxi ou assistindo filmes. Mas nem sempre foi esse o caso. E há um século, parecia uma ficção científica.

Mas não para o famoso inventor  Nikola Tesla . Em 1926, ele disse: ” O homem vai levar o telefone no bolso, ele pode se comunicar instantaneamente com os outros, ver e ouvir as cerimônias de abertura dos presidentes assistindo beisebol e finais ao vivo como se estivessem lá “.

Mas a realidade não era assim. Tesla descreveu um telefone móvel capaz de transmitir vídeo e áudio uma vez que o telefone fixo havia sido inventado. O telefone fixo foi inventado em 1876 por  Alexander Bell  e sua invenção teria levado ao estabelecimento da empresa de telecomunicações  AT & T,  um verdadeiro colo.

Alexander Graham Bell  faz a primeira ligação entre Nova York e Chicago, Estados Unidos da América, 12 de março de 1876. O sino está falando com Thomas

Não foi até 1973, quando o engenheiro Martin Cooper da Motorola apresentou o seu primeiro celular. O primeiro serviço móvel apareceu apenas em 1983. O primeiro  smartphone,  IBM Simon, foi lançado em 1994, mas a verdadeira revolução viria com o lançamento da Apple em 2007.

Nikola Tesla foi um grande visionário

Outros artigos e entrevistas no passado confirmaram que  Tesla  olhou para o futuro e suas implicações. Neste artigo,  Tesla  expressou sua opinião sobre o futuro da humanidade, pelo menos até 2100, e apareceu, pense em 1935 na revista  Liberty  .

Este artigo é único porque o físico fez muitas previsões sobre como as vidas das pessoas estarão na Terra e o que acontecerá, revelando-a ao jornalista  George  Sylvester Viereck  em um de seus artigos mais apreciados.

A humanidade teria conhecido um futuro brilhante, polvilhado com certos problemas que seriam resolvidos de uma forma ou de outra. Nikola  acreditava que a raça humana era purificada e que os pedófilos, estupradores, criminosos ou aqueles que não possuíam um nível adequado de inteligência seriam eliminados. Esta previsão deve ocorrer até 2100 e é muito estranha, porque foi comparada muitas vezes com afilosofia de vida de  Hitler.

Tesla também previu que a humanidade enfrentará o problema da poluição, e apenas a criação de agências especializadas e gastando bilhões de dólares, este problema seria resolvido.

” Em quase todos os progressos em engenharia elétrica e rádio, podemos rastrear a centelha do pensamento de Nikola Tesla ” –  Ernst FW Alexanderson ”

“O maior benefício vem do desenvolvimento técnico que leva à unificação e harmonia, e a transmissão sem fio entra nesta linha. Através deste sistema, a voz humana pode ser reproduzida em todos os lugares e as fábricas fornecerão energia off-shore das usinas hidrelétricas; os aviões virarão a terra sem parar e a energia do sol será controlada para criar lagos e rios para darem origem aos grandes desertos. “-  Nikola Tesla .

Outra idéia em que  Tesla  acreditava ser a relação entre educação e militares. ” Se no início do século passado, a humanidade gastou duas vezes na educação sobre as armas, o futuro visto pela Tesla visionária, a maior parte do dinheiro vai para a produção de armas … ”

Isso ocorre porque a educação é deixada em algum lugar da lista, lidando com coisas importantes em quase todas as nações do mundo. Em comparação, o orçamento para os militares aumentou dramaticamente e a guerra tornou-se uma prioridade para a humanidade.

Mais previsões meteorológicas de Tesla:

A comunicação será realizada imediatamente com um dispositivo de bolso simples. Os aviões voarão sem pilotos, movidos por terra através de ondas de rádio. Muita energia será transmitida sem fio. Os terremotos serão cada vez mais frequentes.

As áreas temperadas serão muito quentes ou muito frias. E a maioria dessas coisas já aconteceu.

As descobertas que Tesla viu no futuro da humanidade ajudariam a sociedade a elevar seus padrões de vida. A saúde será colocada no primeiro plano e medidas de higiene obsessiva serão tomadas.

Por exemplo, Tesla acreditava que apenas os pobres beberiam água não purificada ou comeriam alimentos descontrolados. O envolvimento das mulheres em novas áreas de ação, a usurpação gradual pela liderança masculina, o  desaparecimento  da sensibilidade feminina, a  educação do instinto materno, tudo isso causaria miséria.

” Meu cérebro é apenas um receptor, no Universo existe um núcleo do qual recebemos conhecimento, força e inspiração. Eu não penetrei nos segredos desse núcleo, mas eu sei que existe  “. 
–   Nikola Tesla

Fonte: matrizdisclosure

por Hackthematrix

Publicado em Arquitetura, Meio Ambiente, Sociedade, Vida! | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

⁠⁠⁠Segurem os bolsos e fechem as torneiras…

Desde 06/06/17 o consumo mínimo de água passou de 10m³ para 6m³, pelo mesmo preço, ou seja R$27,50, fora taxa de esgoto. 
Com isso, cairemos nas faixas excedentes a partir do 7m³.
Agora vem a parte pior :
De 7-10m³ >  R$ 1,09 cada m³
De 11-15m³ >  R$ 7,68 cada m³
De 16-20m³ > R$ 8,22 cada m³
De 21-25m³ >  R$ 9,24 cada m³
De 26-30m³ >  R$ 10,31 cada m³
De 31-40m³ > R$ 11,34 cada m³
De 41-50m³ >  R$12,43 cada m³
Acima de 50 m³  >  R$ 14,95 cada metro cúbico de água, fora o valor do esgoto.
O negócio está feio.
Fonte:  Resolução AGERSA 001/2017.

O pior é que os mananciais que abastecem Salvador estão com os níveis reduzidos e há risco de redução do abastecimento. Assim, tal medida visa a redução do consumo através do aumento da tarifa, pois a situação mostra-se realmente grave.

 Baseado nesta realidade, colocamos à disposição de Condomínios residenciais e comerciais,  e público em geral, informações e orientações de como reduzir naturalmente o consumo de água, visando não apenas baixar o custo mensal com este importante item nas despesas mensais, mas como forma de contribuir, enquanto cidadão, pela preservação dos níveis dos mananciais, garantindo o abastecimento para todos.

 Não vamos esquecer de que precisamos desejar (e fazer) aos outros o que gostaríamos que fizessem por nós!

(DB)

Publicado em Arquitetura, Meio Ambiente, reforma, Sociedade, Sustentabilidade, Uncategorized, Vida! | Marcado com , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Rachaduras em teto de gesso exigem cuidado!

Olá, Caros Leitores!
A reportagem a seguir ilustrará como identificar preliminarmente potenciais riscos em fissuras ou rachaduras em forros de gesso.  Se compreendermos um pouquinho como é a instalação do forro de gesso, fica mais fácil entender.
O forro de gesso convencional é aplicado em placas quadradas (60 cm X 60 cm), fixadas à laje superior por chumbamento  dos tirantes de metal galvanizado. Vibrações, ar salitroso, variação térmica ou infiltração, podem comprometer a integridade do forro de gesso, causando as fissuras. 

A) Vibrações:Fissuras ou rachaduras, a depender da intensidade da vibração ou de possível comprometimento estrutural. Recomendável fazer teste com fita adesiva sobre a fissura, para verificar se ela aumenta de largura. Necessário consultar um especialista. 

B) Ar Salitroso: Fissuras ou marcas pontuais (no ponto de fixação do tirante metálico) com mancha de ferrugem. Necessária intervenção imediata, pois o tirante pode partir pela oxidação e a placa desprenderá do forro, podendo causar acidentes.

C) Variação Térmica: A depender de como as placas estão unidas, pode ocorrer fissura por variação térmica (dilatação e retração dos materiais, em função da variação da temperatura do lugar). Essas fissuras costumam ocorrer nas junções das placas, demarcando-as. O fator estético é o mais grave.

D) Infiltração: A presença de água sobre as placas de gesso cria manchas e bolhas, além de gerar um sobrepeso na estrutura do forro. Necessária a verificação da evolução das manchas, pois, em função da intensidade do crescimento, pode estar ocorrendo uma simples infiltração (falhas no rejuntamento de piso no pavimento superior) ou um vazamento de tubulação, que poderá vir a causar danos mais graves.

 

Nos campos abaixo, tire suas dúvidas conosco!

(DB)   


Especialista aponta a melhor forma de reparar possíveis rompimentos em estruturas de gesso

CURITIBA, Abril, 2017 – Movimentações do solo, encolhimento e expansão derivados do clima, idade e degradações causadas pela água são exemplos de fatores que podem causar danos a estrutura dos mais variados tipos de construções.

Um dos problemas mais comuns observados em residências é o surgimento de rachaduras e fendas em tetos de gesso. Entretanto, a flexibilidade do material permite que na maioria das vezes, as trincas e fissuras sejam reparadas sem o auxílio de mão de obra especializada.

Primeiramente é preciso avaliar a profundidade e o tipo das rachaduras. De acordo com a designer e arquiteta Katalin Stammer, supervisora do Núcleo de Design do Centro Europeu, é importante estar atento também ao que está provocando o problema. “Todas as rachaduras representam um risco, mas algumas podem se tratar de um dano estrutural mais sério”, alerta a profissional.

Uma alternativa para identificar o nível de gravidade das danificações no gesso é observar o formato e posição das rupturas. “Trincas ou fissuras (na vertical ou na horizontal) rasas geralmente são superficiais e menos preocupantes. Já as rachaduras inclinadas (na diagonal e profundas) indicam problemas na estrutura. Para estas, é necessário contar com a ajuda de um profissional”, orienta Katalin Stammer.

Ainda segundo a arquiteta, quando superficiais as rachaduras podem ser restauradas com o uso de tintas emborrachadas, sela-trincas, fita telada de fibra de vidro, curativos para paredes e massa acrílica. “É indispensável lembrar que para um trabalho bem sucedido, é necessário que além da qualidade dos materiais, as especificações técnicas sejam seguidas a risca, assim o problema será solucionado da melhor forma possível”, completa.

Passo a passo para consertar rachaduras em gesso

1 – Com o auxílio de uma espátula, aumente em aproximadamente 2cm cada rachadura para que o produto penetre melhor;

2 – A seguir, elimine todo o pó e a sujeira gerados ao aumentar as rachaduras, para que o produto reparador se fixe bem. Use uma escova ou pincel para essa limpeza;

3 – Prepare a massa do produto com o qual você vai consertar as rachaduras seguindo as instruções do fabricante para conseguir um bom resultado;

4 – Aplique a massa ou produto para tapar a rachadura com uma espátula. Faça isso no sentido longitudinal e aplicando só o produto necessário. Deixe o produto secar o tempo estipulado pelo fabricante;

5 – Depois de seca, lixe a área consertada e limpe novamente os restos de pó. Feito isso, a área consertada estará pronta para a pintura.

Publicado em Arquitetura, obras, reforma | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Cidades Sustentáveis: iniciativas brasileiras para a regulamentação de indicadores

ABNT publica primeira norma técnica brasileira sobre cidades sustentáveis

27/03/2017


Com contribuição do Secovi-SP, NBR ISO 37120:2017 contempla indicadores para serviços urbanos e qualidade de vida

O Brasil ganhou recentemente a sua primeira norma técnica no âmbito das cidades sustentáveis. A Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) aprovou e publicou em 18 de janeiro a ABNT NBR ISO 37120:2017 “Desenvolvimento sustentável de comunidades – Indicadores para serviços urbanos e qualidade de vida”.

A norma define e estabelece metodologias para um conjunto de indicadores, a fim de orientar e medir o desempenho de serviços urbanos e qualidade de vida. Ela é uma tradução e adaptação para a língua portuguesa da norma ISO 37120:2014 Sustainable development of communities – Indicators for city services and quality of life.

A elaboração dessa norma técnica envolveu diversos técnicos e instituições, como o Secovi-SP, a Caixa Econômica Federal, Ministério das Cidades, Sabesp, CAU, CBIC, CTE, CBCS, Politécnica USP, FAUUSP, CDHU, Instituto de Engenharia e outras. A premissa foi a necessidade identificada pela sociedade brasileira e a importância de o País dispor de um documento que pudesse se constituir em uma referência normativa.

O trabalho foi desenvolvido no domínio da Comissão de Estudo Especial 268 da ABNT (CEE-268), “Cidades e comunidades sustentáveis”, sob a coordenação do professor Alex Abiko, da Politécnica USP e da Câmara Brasileira da Construção Sustentável (CBCS), secretariado pela engenheira Iara Negreiros. A CEE-268 é uma comissão espelho da Technical Committee TC268 da ISO, Sustainable cities and communities.

A ABNT NBR ISO 37120:2017 reflete um enfoque global de indicadores para serviços urbanos e qualidade de vida, e sua aplicação deve prever que estes indicadores estejam em harmonia com as normas e legislação vigentes no Brasil, no que tange as definições, métricas e métodos de obtenção dos indicadores.

Esses indicadores podem ser utilizados para rastrear e monitorar o progresso do desempenho da cidade. A fim de atingir o desenvolvimento sustentável, todo o sistema urbano necessita ser levado em consideração. Planejar para as necessidades futuras deve levar em conta o atual consumo e eficiência de recursos, para o melhor planejamento do amanhã.

As próximas normas a serem desenvolvidas no contexto da CEE-268 são as de sistema de gestão para o desenvolvimento sustentável e as de cidades inteligentes.

Autor: Assessoria de Comunicação – Secovi-SP

Publicado em Arquitetura, Meio Ambiente, Sociedade, Sustentabilidade | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Sustentabilidade do início ao fim

Fantástica a tecnologia japonesa, não apenas para construir, mas também para desmontar grandes edifícios.

Sistemas construtivos industriais, cujo ponto alto é a modulação e montagem das partes, possibilitam a substituição de um edifício por outro num mesmo terreno.

A obsolescência da construção nem chega a ser o fator primordial desta substituição. Aspectos  comerciais podem indicar tal mudança.

O fato é que, em edificações bem planejadas – da concepção ao final de seu ciclo de vida (cradle to cradle design), os materiais poderão ser totalmente reutilizados ou reciclados em função das técnicas de desmontagem, sem perdas.

É sempre importante frisar que o conceito de Sustentabilidade abrange muito mais aspectos do que os que são divulgados coloquialmente. Estes são “Green Washes” e não representam os “Green Buildings”.

(DB)

 

Publicado em Arquitetura, Meio Ambiente, Sociedade, Sustentabilidade, Vida! | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário