Incêndio e o “jeitinho brasileiro”

Os empresários vivem angustiados com a viabilidade econômica do seu negócio, especialmente com a enorme carga tributária que recai sobre os produtos e serviços comercializados no Brasil, e buscam meios de reduzirem seus custos, atribuindo às questões de prevenção e  segurança contra incêndio importância secundária. Assim, entra em cena o conhecido “jeitinho brasileiro”, que leva o empresariado a “empurrar com a barriga” medidas indispensáveis à segurança da sua empresa, que podem evitar ou minimizar perdas gravíssimas, muitas vezes irrecuperáveis.

“Jeitinho Brasileiro”: o barato que sai muito caro…

Acontece que, não apenas para o licenciamento da atividade empresarial junto aos órgãos públicos, existe a necessidade premente da adequação do empreendimento aos princípios de prevenção contra os incêndios. Um olhar apurado conduz ao retorno financeiro que tais princípios  podem gerar, seja através da redução dos custos com seguros, mas principalmente como meio de preservação de vidas, do patrimônio e da imagem corporativa – valor inestimável para uma empresa.

Diante de um simples curto circuito, em poucos minutos, o fogo alastra-se e consome tudo o que encontra pela frente, caso os meios de proteção passiva e ativa contra incêndio não tenham sido adotados e/ou os respectivos sistemas não estejam em perfeitas condições de funcionamento. Em associação, uma equipe de brigadistas de emergência (membros do corpo funcional da empresa), com treinamento adequado,  terá a habilidade necessária para o combate ao fogo ainda no seu início, adotando as medidas de combate e evacuação ordenada dos funcionários, além da articulação de auxílio externo para complementação das ações emergenciais.

Prevenção não é despesa. É INVESTIMENTO.

Um olhar mais cuidadoso e apurado do empresário para essas questões pode evitar muitas perdas. A mudança cultural precisa ocorrer.  Esse “olhar” precisa compreender a importância e a necessidade de serem adotadas medidas preventivas, com vistas a inibição de perdas maiores e que venham a comprometer profundamente os negócios. Essa mudança vale a pena.

Prevenção é PRESERVAÇÃO.

“Jeitinho brasileiro” é pura ilusão…

(DB)

Incêndio maio 13

Sobre Dora Brasil Arquitetura, Sustentabilidade e Segurança

Arquiteta e Engenheira de Segurança do Trabalho, com atuação no mercado há trinta anos, direciona seu trabalho à questões de conforto, funcionalidade, eficiência, saúde, segurança, bem estar e preservação do meio ambiente. Esta filosofia vem sendo maturada e está se concretizando com a atualização profissional em Gestão Ambiental com Tecnologias Limpas, Construções Sustentáveis (Conceitos LEED) e certificação PROCEL-Edifica (EtiqEEE - Etiquetagem de Eficiência Energética em Edifícios). Nosso objetivo é levar à sociedade os conceitos de Eficiência, procurando gerar projetos para edificações visando o baixo consumo de energia e água potável, através de diversas soluções alternativas que envolvam o desgaste mínimo dos insumos da natureza e a redução das emissões de gases nocivos ao meio ambiente.
Esse post foi publicado em Incêndio, Segurança do Trabalho, Sustentabilidade, Vida! e marcado , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Comentaremos em breve!!

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s