Apagando a cultura com incêndios

"Um governo totalitário, num futuro incerto, que proíbe os livros por temer que o povo, instruído, se rebele. (...) Porém, num mundo em que ter ideias próprias é considerado crime, seu papel não é o de apagar incêndios, mas o de criá-los: todo e qualquer livro deve ser queimado". (Bradbury, R., Fahrenheit 451) Uma simples … Continue lendo Apagando a cultura com incêndios